Viveiro Brasília

Brasília /DF

Projeto de arquitetura sustentável gerando rica alimentação orgânica através do reuso das embalagens PETs, funcionando como BioChips – interligadas, elas permitem circulação hidropônica, contendo cada unidade uma esponja plástica no interior, viabilizando a criação e produtividade de mais de 40 tipos de verduras. Calculada a quantidade de embalagens descartadas, seria possível produzir alimentação para todos o continente americano e parte da Rússia.

Construído em 1998 na Esplanada dos Ministérios, Brasília, como modelo para erradicação da fome e miséria. Símbolo da Lei 269/99, votada por maioria absoluta e caráter definitivo.